Mapa Social do Corona

Monitoramento, análise e incidência para enfrentamento da pandemia na cidade do Rio de Janeiro.

Revista em Quadrinhos – Memórias

Narrativas retratadas nessa revista misturam realidade e ficção baseado em relatos – no decorrer da pesquisa “Tecendo Memórias” – de familiares e amigos de adolescentes e jovens vítimas de violência

Pelo Direito à Memória

Observatório de Favelas realiza dia de atividade com familiares e amigos de adolescentes e jovens vítimas de violência letal no Rio de Janeiro

Editorial

Notícias & Análises de junho traz o desafio e o prazer da reflexão sobre outros/as sujeitos/as e territórios da arte e da memória na cidade

Editorial – Mobilidade Urbana

No mundo contemporâneo o movimento se sobrepõe ao repouso na reprodução da cidade, haja vista os fluxos de acumulação do capital, de realização do trabalho e de produção de mercadorias, por exemplo. É neste contexto que a categoria mobilidade emerge pra dar conta de compreender os fenômenos que impõem a circulação de sujeitos nas cidades […]

Mulheres, Cidades e Mobilidade

Um olhar especialista sobre os tempos passados e presente e que nos convoca para a urgência de debate e construção de um breve futuro Por Gabrielly Pereira (gabrielly@observatoriodefavelas.org.br ) Após a década de 30, com as revoluções industriais brasileiras e a frequente migração de indivíduos nos espaços, as regiões periféricas receberam um inflacionado número de […]

Transparência no bilhete único. Uma trincheira na mobilidade urbana do Rio

Henrique Silveira – Coordenador executivo da Casa Fluminense e membro do conselho do Observatório de Favelas Em 2018, uma pesquisa realizada por uma consultoria americana avaliou 84 cidades de diversos países e concluiu que o Rio de Janeiro possui o pior sistema de transporte do mundo. A pesquisa considerou informações sobre o tempo de espera […]

21 Dias Contra o Racismo

Espetáculos e palestras como forma de ativismo movimentam o mês de Março em diversos estados

“Luto para nós é verbo!”

Observatório de Favelas, em parceria com Conectas, realiza roda de conversa e lançamento da 28º edição da Revista Sur

Arte para transcender

População LGBTQI+ de favelas e territórios populares protagoniza luta por visibilidade, direitos, afetos e existência na cidade

Nota Em defesa da Democracia, da Sociedade e Liberdade

Esta é a eleição mais importante deste período político de redemocratização, inaugurado com a Constituição de 1988. Afinal, não vamos apenas eleger um presidente. Estaremos elegendo a Democracia como projeto de sociedade, ou seremos tragados pela destruição da liberdade preconizada pelo fascismo em ascensão.

Esse é o nosso levante!

“Nós acreditamos que a cultura é uma tática de reivindicação política”, afirma Rebeca Brandão, coordenadora da Arena Dicró, ao falar sobre a intervenção cultural – resposta pública para a intervenção militar que aconteceu no local um mês antes

A Cidade Eleitoral

De 15 em 15 dias, sempre às sextas, tem artigo novo do João Felipe Pereira Brito em nosso site

Nosso Tempo em Jogo

De 15 em 15 dias, sempre às sextas, tem artigo novo do João Felipe Pereira Brito em nosso site

COM AS LENTES NO COLETIVO SEGUE-SE ESCULPINDO OLHARES

Por Eduardo Alves* (edu@observatoriodefavelas.org.br) O Coletivo, o Público, o Comum, a Democracia. Palavras tão repetidas, lidas e ouvidas, em tempos atuais. São dimensões apresentadas em múltiplas formas e contornos nas periferias. O espaço coletivo, nesse caso profundamente comunitário, em que as pessoas se reconhecem como sujeitos e constroem, conjuntamente, com suas diferenças, o grande sujeito […]

Tudo Deve Desabar

De 15 em 15 dias, sempre às sextas, tem artigo novo do João Felipe Pereira Brito em nosso site

Maré em Trânsito

De 15 em 15 dias, sempre às sextas, tem artigo novo do João Felipe Pereira Brito em nosso site

A chama que não se apagará

É certo que não sabemos aonde Marielle chegaria na sua trajetória política. Mas sabemos aonde ela poderia chegar a partir do percurso político que vinha desenhando

Ventos de Fama da Potência Humana

“Disputa-se o que há de mais profundo, submerso e fundamental para as pessoas, ou seja, a humanidade em processo de realização”, afirma Eduardo Alves em artigo para o site do Observatório de Favelas

Arte Negra, raça e racismo

Vivemos um paradoxo: afirmar a identidade particular como referência para enfrentar as formas perversas de reprodução do racismo sem abrir mão de nossa subjetividade plural, para além das demarcações particulares

INSTINTO DE VIDA: UM CAMINHOPARA AMPLIAR A POTÊNCIA DA JUVENTUDE

Instinto de Vida é uma campanha estratégica para que um forte grito em defesa da vida modifique leis em favor da vida, construa políticas públicas rumo ao fim da violência letal e movimente, em polifonias grandiosas, a solidariedade, para seguir sendo a defesa da vida na sociedade brasileira. A juventude é marcada para viver!

EDITORIAL

15° Festa Literária Internacional de Paraty teve convidados e público mais diverso

A experiência do Nós da Maré

Um progresso que condensa e incorpora vários debates sobre cultura, território e institucionalidades que o Observatório de Favelas vem pautando na cena pública.

Moção de Solidariedade e Apoio ao Instituto Lula

O Observatório de Favelas apresenta a sua solidariedade e seu apoio ao Instituto Lula diante da arbitrariedade e autoritarismo da medida judiciária, expedida pelo juiz substituto da 10ª Vara Federal de Brasília, que suspendeu o seu funcionamento regular. Medidas como estas não ameaçam ou afetam apenas o Instituto Lula. Todas as organizações da sociedade civil […]

Alô meu povo, a hora é essa!

Hora de se dissolver na multidão e deixar fluir a nossa humanidade e a sensibilidade que causa arrepios, entorta a espinha e sacode os quadris.

O site do FOPIR está no ar

O Fórum Permanente pela Igualdade Racial é uma coalizão de organizações da sociedade civil que atua no enfrentamento ao racismo no Brasil

Avisa lá que nós vamos!

Após golpe, Observatório de Favelas segue avançando por mais direitos, mais democracia, mais participação

Favela: Alegria e dor na cidade

Exposição no Horniman Museum & Gardens, em Londres, apresenta o cotidiano da Maré a partir da lente dos fotógrafos Bira Carvalho, Elisângela Leite e AF Rodrigues

Reinventar é Preciso

Durante Seminário, equipe do Observatório de Favelas fala sobre passado, presente e futuro da Organização

Bruxas e bruxos da cidade

“Desafiar a alienação de si é revolucionário”. É o que Jailson de Souza e Silva afirma no seu novo livro, Bruxas e Bruxos da Cidade — Personagens da Revolução do Contemporâneo.

A cidade como geografia de encontros

“Crônicas dos 450 anos da Cidade” série de crônicas do Rio do Observatório de Favelas em comemoração aos 450 anos do Rio. Primeiro texto escrito por Jorge Barbosa

A Juventude merece mais

A maioridade civil proporciona uma nova realidade aos jovens: mais responsabilidades, mais direitos

Garantia do direito à vida

Observatório de Favelas e Redes da Maré unem forças à campanha Jovem Negro Vivo da Anistia Internacional

A arte nos olhos de quem vê

O Travessias é uma mostra de arte que valoriza o território, o cotidiano, as experiências, atravessando olhares e pessoas.

#DeDentrodaMaré

Um registro da Maré pelas lentes dos fotógrafos do Imagens do Povo

Os desafios da UPP e o papel da UPP social

O foco é como superar os limites presentes nas ações das UPP’s, como torná-las mais estruturantes e capazes de contribuir para uma política de segurança pública eficaz

Para Além dos Fios

Em um contexto em que o cabelo crespo é estigmatizado, mulheres reafirmam sua beleza por meio da valorização da estética negra

Corpos negros, porém livres

Os poucos dias de 2014 trouxeram à tona uma série de acontecimentos e fatos que questionam a liberdade, em especial a do corpo negro, jovem, periférico e popular

Educação: Não há vagas

Lei agora obriga que crianças estejam na escola a partir dos 4 anos de idade, porém não há vagas para todas

Na dúvida, dê um rolê

Ir ao shopping nem sempre está relacionado ao consumo, mas sim a inclusão neste ambiente dito seguro, onde uma minoria usufrui integralmente deste privilégio e a maioria mal pode adentrá-lo

Respeito é bom e eu exijo!

No inicio do mês, moradores e trabalhadores da Maré saíram às ruas e exigiram o fim das ações policiais violentas